Escrito em parceria com Grupo Esparrama

A arte é uma experiência humana que expressa ideias e emoções, além de revelar, comentar e/ou criticar valores estéticos, políticos e morais da sociedade onde é produzida. Sua relação com o tempo onde nasce explica a multiplicidade de escolas e estilos artísticos acumulados historicamente.

As expressões artísticas são um legado simbólico e sensível de conhecimento sobre o passado: quando diante de uma obra de arte, o mundo figurado do espectador encontra com o representado pelo artista.

Carregada de caráter pedagógico, essa convergência provoca a ampliação do imaginário do observador, tornando-o mais apto a ler e interpretar o mundo e formando-o cognitiva e subjetivamente.

Não mais presente somente em espaços tradicionais de fruição (como museus, teatros, cinemas e bibliotecas), as expressões artísticas se apropriam de suportes cada vez mais diversos para comunicar com a própria cidade – mesmo em momentos políticos de censura, ações artísticas subversivas resistiram e resistem no espaço público.

Isso porque as ruas não são apenas locais de passagem, mas de encontro, lugar com vocação para a vida coletiva e, sendo assim, ideais para que o artista proponha diálogos verbais, visuais, corporais e musicais.

Essas expressões artísticas que se esparramam pelo território podem se dar de diversas maneiras: um espetáculo que acontece na janela de um apartamento; um grupo de hip hop que se apresenta em praças vestido de carteiros; grafites abstratos nas bases de um viaduto; poemas impressos colados em postes; espetáculos infantis no teatro do bairro; a apresentação de um grupo de choro na associação de moradores; uma escultura no centro do parque público; ou uma festa popular no meio da rua.

PERGUNTAS DISPARADORAS

  • Uma obra artística pode ser considerada uma maneira do artista se comunicar com outras pessoas?
  • Como o território se expressa esteticamente?
  • Por que um artista escolhe pintar um muro ao invés de um quadro?
  • Uma escultura, música ou coreografia de dança despertam os mesmos tipos de sensações?
  • Quais histórias guardam as pinturas de uma artista?
  • Quantas pessoas trabalhando em comunhão são necessárias para que um espetáculo aconteça? Quem são elas?
  • Onde é possível encontrar arte na cidade?