publicado dia 29/11/2016

Dia das Cidades Educadoras revela territórios transformados pela educação

por

Os territórios, espaços, bairros, ruas, esquinas e cidades, pequenas ou grandes, educam. Disso, não há dúvida. De maneira direta ou indireta, objetiva ou subjetivamente, aprendemos ao longo de nossas vidas, uns com os outros, e com toda a diversidade que nos cerca.  Assumir esse compromisso de maneira ativa, incorporando a dimensão educadora nas políticas urbanas e nas práticas cotidianas, tem aproximado cada vez mais as pessoas da proposta de uma Cidade Educadora.

No dia 30/11, a Associação Internacional de Cidades Educadoras, que reúne mais de 480 cidades em todo o mundo, celebra o Dia Internacional das Cidades Educadoras.

Ao redor do globo – e do Brasil – essa ideia vem assumindo diferentes formas e articulações. De gestores a professores, de secretários a coletivos e organizações da sociedade civil, de estudantes a prefeitos, diversos agentes têm se angajado em experiências que buscam garantir o desenvolvimento integral dos sujeitos.

Para homenagear as experiências que já existem e também incentivar a imaginação de quem quer – ou poderia – ativar o potencial educador dos territórios, a Associação Cidade Escola Aprendiz, através do programa Cidades Educadoras e do Portal Aprendiz, convoca toda a rede brasileira de educadores, ativistas, gestores públicos, organizações sociais, prefeituras, entre outros, a postarem fotos, desenhos ou vídeos com a hashtag #DesafioDasCidadesEducadoras no dia 30/11 -Dia Internacional das Cidades Educadoras. A proposta é criar um grande mural coletivo com imagens que ilustram “O que, para você, é uma Cidade Educadora?”.

1-capa-para-redes-sociais

Acesse os materiais de divulgação do #DesafioDasCidadesEducadoras por aqui.

Os materiais publicados nas redes sociais serão compilados e divulgados pelo Aprendiz ao longo da semana. 

Mais programação

Para além do Desafio, o dia também terá uma programação de atividades e debates. O Cenpec, através do programa Educação & Participação, irá realizar o “Debate Virtual – Cidade Educadora, intersetorialidade na gestão pública: relações e articulações possíveis”, visando “refletir sobre os desafios de construir uma cidade educadora na qual – por meio de seus parques, praças, ruas, museus, escolas de samba, equipamentos de saúde e da Assistência Social e outros espaços – seja possível criar um ambiente de aprendizagem para toda a sua população”.

O evento, que será transmitido online pela plataforma do Educação & Participação às 10h, trará os especialistas Oswaldo Gonçalves Junior, professor e coordenador do curso de bacharelado em Administração Pública da Faculdade de Ciências Aplicadas da Universidade Estadual de Campinas (FCA Unicamp) e João Kleber Santana, coordenador do núcleo de Educação Integral da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SP).

No Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, a FAMURS/Undime realiza um debate sobre Cidades Educadoras frente aos desafios cotidianos da escola, da gestão pública e da democracia, com a participação de Jaqueline Moll, professora titular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Diretora de Currículos e Educação Integral da Secretaria de Educação Básica no MEC entre 2007 a 2013.

Fora do Brasil, a Associação Internacional de Cidades Educadoras, por meio de suas 480 cidades associadas, promove um dia repleto de atividades em diversas cidades do mundo. Para conferir a programação completa do dia, acesse o site da AICE sobre o Dia Internacional das Cidades Educadoras.

Francesco Tonucci: a criança como paradigma de uma cidade para todos